Chansons de Capoeira

AÊ MANDINGUEIRO (Esquilo)

Aê mandingueiro
Me diga de onde vem
Me diga de onde vem
A mandinga que você tem

Será que vem da Bahia
Ou vem do Rio de Janeiro
Me diz que eu quero aprender
Eu quero ser mandingueiro

Será que está no sangue
Será que isso é natural
Será que vem dessa roda
Ou do toque do berimbau

Será que vem dessa guia
Que você traz no pescoço
Ou será do patuá
Escondido no seu bolso

De onde vem seu bailado
Toda ginga segura
Será que vem dessa corda
Amarrada em sua cintura

 

Berimbau Falou

Falou, falou da escravidão, falou,
falou, falou da opressão, falou,
falou, la nos tempos de bimba, falou,
falou, hoje se escutou...

O negro que sofria na senzala
trabalhava na fazenda do feitor,
e um dia ele escutou um lamento
era zumbi dos palmares
foi ele quem libertou
hoje falou...

Falou, falou da escravidão, falou,
falou, falou da opressão, falou,
falou, la nos tempos de bimba, falou,
falou, hoje se escutou...

Berimbau ajudava os capoeiras
la no tempo la no tempo da opressão
se escutava o toque de cavalaria
quando a policia seguia, berimbau ja me avisou
hoje falou...

Falou, falou da escravidão, falou,
falou, falou da opressão, falou,
falou, la nos tempos de bimba, falou,
falou, hoje se escutou...

Manuel foi o mestre respeitado
criador da arte da regional,
hoje em dia, seu nome será lembrado 
ja não se esqueçeu do homen, que a capoeira falou...

hoje falou,...

Falou, falou da escravidão, falou,
falou, falou da opressão, falou,
falou, la nos tempos de bimba, falou,
falou, hoje se escutou...

Historia que se narran do passado
jogadores que se escutam ate hoje
e os cantos que me levan pelos tempos
lembrando issos momentos onde o berimbau toco,

hoje falou...

Graduado Voador

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar...

Mais é o toque do gunga que me embala
e me faz voltar no tempo nas cantigas
conhecendou as historias dos mestre antigos
que pra capoeira dedicou sua vida...é quando gunga me chama

É quando gunga me chama que eu vou
É quando gunga me chama que eu vou jogar...


E tudo que um mestre fala proure entender
eu sei é bom para mim é bom pra você
ele fala do sentimento pra ser capoeira
que ela te guia te ensina pra vida inteira...é quando gunga me chama

É quando gunga me chama que eu vou
É quando gunga me chama que eu vou jogar...


É quando você me pergunta eu não sei lhe contar
é uma coisa que ve lá de dentro e não dá pra explicar
berimbau tocando na roda que dá pra sentir
e so quem é capoeira pode descobrir...é quando gunga me chama

É quando gunga me chama que eu vou
É quando gunga me chama que eu vou jogar...


O gunga ele quebra na roda com mal energia
o gunga ele chora na roda por quem oi um dia
berimbau ele toca aqui e no mundo inteiro
e pra quem é capoeira é o melhor companheiro...é quando gunga me chama

É quando gunga me chama que eu vou
É quando gunga me chama que eu vou jogar...

 

Hoje eu tava pensando em casa (professor Pretinho)

 Hoje eu tava pensando em casa

 E lembrei da história de vovó

que dizia que o filho que tem família

 pois nessa vida ele nunca fica só.

 –

 O Mestre serve para te dar conselho

 Puxar orelha quando estiver errado

Ele diz que é melhor andar sozinho

Por muitas vezes, do que mal acompanhado

 -

Ei você que está ai pelo mundo

A capoeira por você vai sempre olhar

Siga treinando e por favor não se esqueça

Você faz parte da família Abada

 -

Vá com Deus siga o seu caminho,

 o mundo inteiro você tem que viajar

Mas não se esqueça do que agora eu vou dizer

A melhor viagem é na hora de voltar

 

Você não sabe o valor que a capoeira tem

Você não sabe o valor que a capoeira tem [2x] 'ela tem valor demais ...Vê se segura rapaz. 

Você não sabe o valor que a capoeira tem 
Um dia a capoeira ela lhe ajudou...Tirou você da miséria, lhe transformou...Os seus amigos jamais, nenhum deles foram capaz, de te dar ajuda na vida quando tu precisou, tu não sabe o valor ..

[CORO]
Um dia um grande amigo ele me disse assim "

vamos jogar capoeira, vamos la brincar".. Muita gente conheci, ai foi que eu intendi, que a capoeira ela veio pra me ajudar tu não sabe o valor..
[CORO]
Hoje eu lembro de um mundo que um dia eu passei.. tudo na vida passei a primeira vez, agradeço ao bom Senhor, a capoeira me ajudou, ela me fez ser na vida hoje quem eu sou, tu não sabe o valor..
[CORO]
eu falo da capoeira com muita emoção, mexe com meu corpo todo com meu coração, se é pra falar de amor, ela quem me conquistou, ela me botou nos braços e me tirou do chão tu não sabe o valor ... 
[CORO]

 

 Saudades das rodas na praça

Saudades das rodas na praça -

Boa Voz
Capoeira Abada

Saudades das rodas na praça
Onde eu via meu mestre jogar
São Bento Grande, Benguela, Santa Maria
Capoeira ie e vinha
Sem ter hora pra parar
São Bento Grande, Benguela, Santa Maria
Capoeira ie a vinha
Sem ter hora pra parar

Amigo meu me responde ai, me responde ai
O que eu vou contar
Amigo meu me responde ai, me responde ai
O que eu vou contar

Você se lembra parece até lenda
As rodas na Penha, mas nós tava lá
Sou testemunha destes tempos idos
Fiz esse corrido
Que é pra nós lembrar

Saudades das rodas na praça
Onde eu via meu mestre Jogar
São Bento Grande, Benguela, Santa Maria
Capeoria ia e vinha
sem ter hora pra parar

Por trás da mata
Quando escurecia
A lua surgia pra clarear
Era o sinal que ao findar o dia
Berimbau dizia que era pra acabar
Meu coração que ainda acalenta
Hoje se lamenta ao ouvir cantar
Saudades...

 

Meu Patua

Foi na Bahia que eu mandei fazer

Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

 

coro :
Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

 

Era domingo, era um dia de oferendas
E eu levei flores pra iemanjá
Foi celebrar Janaina, Rainha menina
Iemanjá que é a dona do mar

coro :
Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

E na Bahia um mestre velho mandingueiro
Abriu a roda, fazendo uma louvação
Cantou bem forte o lamento
Me dando a benção
Era a hora que eu sair para jogar

coro :
Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

Foi convidado pra uma roda de gingante
Com dois pandeiros e três berimbaus
E um atabaque tocando maneiro e sereno
É a roda que eu sair para jogar

coro :
Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

Meu patuá é meu berimbau sagrado
É minha vida e também o meu cantar
É os meus amigos sorrindo
Sempre junto comigo, na volta que o mundo dá

Chanson du  Mestre. Casquinha  (Cordao de Ouro Cyprus)

 

Camarada vem pra roda

Camarada vem pra roda

berimbau já vai tocar
seu moço avisa lá em casa
que eu não tenho hora pra chegar

Mas ela já me envolveu
ela já me conquistou
a riqueza dessa arte
despertou o meu amor

Mas andando o mundo a fora
eu traçarei o meu destino 
mas porque pedra que não rola
certamente cria limo

Mas o proverbio assim fala
o que plantar à de colher
cultive boas sementes
que é pra não se arrepender

Mas se a coisa está dificil
não pode desesperar
se apegue no otimismo
que tudo pode mudar

 

Adeus povo bom adeus

Adeus povo bom adeus,

Adeus eu ja vou membora
Pelas ondas do mar, eu vim 
Pelas ondas do mar...eu vou membora


Traduction :
Adieu "peuple bon" adieu,
Adieu je pars déjà,
Par les vagues de la mer je suis venu,
Par les vagues de la mer je m'en vais.

 

 Malandragem só sai daqui

author: Professor Capu (Gingado Capoeira)

Malandragem só sai daqui
Quando essa roda acabar
Se o meu mestre disser Iê
Ou se Cavalaria tocar

Capoeira é antiga arte
Foi o negro inventando
Me diga quem é brasileiro
E não tem um pouco de malandro
Malandragem

Oi malandro, é malandro
Capoeira
Oi malandro, é malandro
Na Bahia
Oi malandro, é malandro
Na ladeira
Oi malandro, é malandro
Malandragem
Oi malandro, é malandro

Ê, finge que vai mas não vai
Bicho vem e eu me faço de morto
Mas se a coisa apertar
Pra Deus eu peço socorro

Entro e saio sem me machucar
Subo e desço sem escorregar
Vou louvando o criador da mandinga
O malandro que inventou a ginga
E a malandragem

Oi malandro, é malandro
Capoeira
Oi malandro, é malandro
Na Bahia
Oi malandro, é malandro
Na ladeira
Oi malandro, é malandro
Malandragem
Oi malandro, é malandro 

O sol faz o chão esquentar
Calma moça, chuva vem esfriar
Expressão do rosto da menina 
Ao saber que essa é a minha sina

Bato forte não devagar
Cuidado quando se levantar
Berimbau já fez sua cantiga
Coração me impulsa pra cima 
E a malandragem

 

 AEIOU

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Vem criança vem jogar

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Vem criança vem jogar

Eu aprendi a ler
Aprendi a cantar
Mas foi na capoeira
Que eu aprendi a jogar

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Vem criança vem jogar

Eu estudo na escola
E treino na academia
Eu respeito a minha mãe
O meu pai e minha tia

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Vem criança vem jogar

Sou criança sou pequeno
Mas um dia eu vou crescer
Vou treinando capoeira
Pra poder me defender  

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Vem criança vem jogar

Capoeira é harmonia
E amor no coração
Capoeira tem criança
O futuro da nação

Français

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Venez les enfants viennent jouer

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Venez les enfants viennent jouer

J’ai appris à lire
J’ai appris à chanter
Mais c'est dans la Capoeira
Que j’ai appris à jouer

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Venez les enfants viennent jouer

J’étudie à l’école
Et Je m’entraîne à l’académie
Je respecte ma mère
Mon père et ma tante

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Venez les enfants viennent jouer

Je suis un enfant, je suis petite
Mais un jour, je vais grandir
Je vais continuer à m’entraîner à la Capoeira.
Pour être capable de me défendre

A E I O U
U O I E A
A E I O U
Venez les enfants viennent jouer

Capoeira est l’harmonie
Elle est l’amour dans le cœur
Capoeira a un enfant
L’avenir des nations